quarta-feira, abril 04, 2012

Vender o Algarve a pataco

O título do artigo do Público diz tudo: "Portugal 'vende-se' aos espanhóis nos armazéns do El Corte Inglés". O problema é que os espanhóis não nos podem comprar.
Até 22 de abril, e por cada compra acima de 30 euros num dos cinco armazéns da região, os clientes ganham direito a uma estadia extra no Algarve, mediante reserva de uma primeira noite (2 abril, p. 16).
Esta iniciativa peregrina do Turismo de Portugal lembra aqueles que dão com uma mão para tirar com outra. Depois de ter imposto as portagens a uma via de acesso ao desenvolvimento turístico do Algarve, o governo quer agora obrigar os andaluzes a pernoitar de borla uma noite num hotel de 5 estrelas, em troca de 50 euros de taxas indevidas.

Sem comentários: