quarta-feira, novembro 13, 2013

Vox populi #2


Fizeram luta na fábrica?
Como não dávamos na fábrica, começamos a ir ao escritório, buscar os vales, naquela altura era em contos, era 10 contos, era 15 contos, era aquilo que eles pudessem dar. Lembro-me também que eu aleijei-me no trabalho e naquela altura ninguém conseguia fazer nada. Fizemos lá um levantamento, eu fiz lá um barulho, um barulho desgraçado e naquele dia houve dinheiro para toda a gente. «Se há dinheiro para os empregados de escritório também há dinheiro para quem está a trabalhar». E naquele dia houve dinheiro. Foi pouco, mas houve dinheiro para toda a gente, tudo igual.
Alda, pseudónimo da entrevistada nº 5, 2 julho 2010
Trabalho de campo do doutoramento

Sem comentários: