quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Periferias ameaçadoras

Ele escreve com inteligência e humor sobre o cantinho à beira-mar. Sem pejo de criticar a choldra portuguesa na esteira de Eça. Conheci-o nas leituras da Periférica, uma das melhores revistas que se editaram em Portugal. Agora rende-se à blogosfera, trazendo canhões de Navarone.

Sem comentários: