quinta-feira, abril 04, 2013

O ministro Relvas e a História

O ministro Relvas demitiu-se do governo de Passos Coelho, a sua criação política. Na declaração aos jornalistas escudou-se na 'História', pois só essa ciência o poderá julgar em tempos futuros. Relvas deveria saber que a História faz-se no futuro sobre o passado e os dados que analisará serão os vários julgamentos dos factos sociais do seus presentes políticos. E esses nunca abonarão a seu favor. A História registá-lo-á como uma personagem sem honra e sem glória.

Sem comentários: