domingo, outubro 21, 2012

Platão e a atualidade

A procurar alguns livros de filosofia para os estudos do meu filho mais velho, encontro uma nota da filosofia de Platão cheia de 'actualidade'. Aliás, foi essa a expressão que escrevi na margem direita da página 75 do livro «A Filosofia de Platão a São Tomás de Aquino» de François Chatelêt, da Dom Quixote e que comprei em 1986. Diz o texto de Platão: "O apetite de prazer será tal que os primeiros [o filósofo refere-se aos ricos, descendentes de guerreiros e conquistadores] farão alarde, de maneira cada vez mais ostensiva, do seu poder, enquanto os segundos mergulharão cada vez mais fundo, na baixeza da sua condição; até ao momento em que o povo, farto de miséria e de sofrimento, se revoltará e, triunfando dos governantes enfraquecidos pelos prazeres, procederá anarquicamente, à partilha dos bens". O que é que esperamos?

Sem comentários: