sexta-feira, novembro 05, 2010

Lição de Massaii a Pássaro

Quando agora se discute a futura lei dos solos, e numa perspectiva crítica para evitar o processo de apropriação e especulação fundiária que rege os diversos solos em Portugal (talvez seja bom dizer que o caso IKEA, em Loulé, é bem exemplo disso), interessa recensear aqui o engenheiro Alexandre Massaii que, nas suas Diligências de 1617, defendia o aproveitamento das terras incultas como forma de produzir riqueza e dinheiro. E mais ainda propunha o humanista, vindo de Itália:
se obriguem os donos das terras a cultivá-las, e quando eles não tenham posse, se lhes preste dinheiro, que se tornará a cobrar em arrendamento das mesmas terras, e, quando os tais donos o não queiram fazer, que as larguem (1)
(1) Guedes, L. C. (1988). Aspectos do reino do Algarve nos séculos XVI e XVII. A 'Descripção' de Alexandre Massaii (1621). Lisboa: Arquivo Histórico Militar.

Sem comentários: