terça-feira, março 04, 2014

Um país que recupera o capital explorador



 A crónica de Vitor Malheiros, como é habitual, desmonta o significado da campanha do PSD sobre o estado de 'desenvolvimento e crescimento' de Portugal, na verdade a recuperação do capital e a destruição da classe média e da juventude:
O que Luís Montenegro quis dizer foi que "A vida do povo não está melhor, mas a vida da oligarquia que manda no país está muito melhor". Foi por isso que se congratulou. Porque ele faz parte dela (ler aqui).

Sem comentários: