terça-feira, novembro 19, 2013

Em defesa do ensino superior

Finalmente os estudantes vieram para a rua. Em Lisboa são mais de 1500, em protesto contra os cortes no ensino superior: nas bolsas, nas cantinas, no pagamento a  professores convidados decisivos para muitos cursos. No mesmo dia em que o presidente do CRUP (Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas) se demitiu e em que se espera a mesma decisão do presidente do Conselho Coordenador dos Politécnicos, reunido neste momento.
Durante a semana também a FENPROF organiza protestos de luto e de luta contra os cortes do orçamento austeritário do estado, que destroem o ensino superior.
Entretanto o ministério de Crato continuado calado.

Sem comentários: