segunda-feira, janeiro 14, 2013

O porta voz do governo

Valerá a pena bater mais nas asneiras do ministro Relvas? A pergunta pode ter várias respostas, mas a primeira evidência é a de que o governo de Passos o usa como bode expiatório (ou saco de boxe) numa estratégia de diversão das suas políticas austeritárias. O verdadeiro porta voz do governo (ou ministro sombra dos assuntos parlamentares) é na verdade Marques Mendes, ex-líder do PSD. Foi ele que anunciou em primeira mão o corte previsto de 4 mil milhões de euros no estado social, há uns tempos na TVI, como referiu muito bem António Costa no programa 'Quadratura do Círculo'. Foi ele também que anunciou a criação de uma comissão parlamentar de análise do pseudo-relatório do FMI, coisa que a oposição rejeitou e bem, como se refere no Expresso de sábado passado. Ora aí está a esperteza saloia do PSD na remodelação governamental.

Sem comentários: