quarta-feira, abril 18, 2012

Interoperabilidade, a aldrabice sobre a Via do Infante

O secretário de estado dos transportes anunciou hoje, no parlamento, que em junho o governo resolverá o problema da compatibilidade do sistema de cobrança de portagens entre Portugal e Espanha. Esta é a resposta aos problemas de desastre económico e social que o Algarve vive, estimulado pelas taxas cobradas na Via do Infante desde dezembro passado. O termo é "interoperabilidade" e esconde uma malfeitoria simples: colocar mais um pórtico à saída da ponte internacional do Guadiana, para que a partir de junho de 2012 se volte aos tempo periféricos de 1985 e aos ferrys de Vila Real de Santo António quando se quiser atravessar o rio ibérico. Pode ouvir o que referi, em nome da Comissão de Utentes da Via do Infante, à Antena 1 no noticiário das 16h. em edição de Luís Soares (link).

Sem comentários: