quinta-feira, junho 17, 2010

Intendência

Amigos têm-me perguntado por que não tem havido mais vida por aqui. A resposta é que há mais vida para além do PEC, claro. Uma resposta mais adequada será a de que os estudos de doutoramento, que estou a realizar, não me deixam muito tempo para pensar sobre outras coisas. E se há cortes a fazer, quem paga são os luxos supérfluos, ao contrário de Sócrates que vai cortando na gente. Como o vício da blogosfera, continua activo, tenho também andado por aqui.
Dos muitos projectos em que estou envolvido dar-vos-ei conta neste espaço, incluindo notas avulsas sobre pequenas narrativas do trabalho de investigação de doutoramento, que efectuo em Portimão.

Sem comentários: