segunda-feira, fevereiro 01, 2010

IKEA: Um case study do capitalismo global

Os interesses da empresa sueca IKEA em instalar um empreendimento comercial no concelho de Loulé estão a desenvolver-se claramente como um ‘case study’. Não tanto pela sua propaganda de capital liberal e moderno mas, sobretudo, pelos interesses monopolistas que faz girar à sua volta e pelo séquito capitalista que mobiliza.

Do que se sabe, do plano do gigante do capital sueco, é que pretende instalar um conjunto de centros comerciais em Espanha e Portugal (com o qual não vou perder aqui muito tempo), entre as quais um deles projectado para o concelho de Loulé. Este, segundo os dados e números da empresa, seria uma loja Ikea e um centro comercial InterIkea.

O investimento atingiria entre 200 a 300 milhões de euros e criaria cerca de 3000 postos de trabalho. Não havendo mais nada de concreto – pelo menos na opinião pública – nada se sabe da verdade destes números, designadamente que tipo de emprego criaria.

Ler o meu artigo completo no jornal «barlavento»

Sem comentários: