sexta-feira, agosto 01, 2008

Coça, coça.


Apanhei a peça por acaso. Ontem, era tarde, e dei por mim a ver, na RTP, a peça monólogo de José Pedro Gomes "Coçar onde é preciso". Um stand-up-comedy de quase duas horas, que começa pelas histórias dos percursos burlescos dos CTT e acaba com estatísticas sobre sexo. Um texto surpreendente do actor, cuja capacidade para olhar o pormenor já se conhecia de várias crónicas radiofónicas da TSF. Uma cenografia simples, mas muito eficaz, como é o caso da sanita-baú-quadro de papel-frigorífico (na imagem acima), integra e reforça o texto e a representação. Ah, genial, também a Mona Lisa: "Ó Mona por que hás-de ser lisa?". Para desconstrui-la, Gomes enche-lhe as mamas de várias formas. Magnífico.

Sem comentários: